• Cíntia Schenkel

6 erros que você NÃO deve cometer ao empreender no digital

Atualizado: Mai 24



É muito comum para quem está começando empreender no digital cometer diversos erros que vão desde não se achar boa o suficiente até se comparar com outros empreendedores que já estão tendo grande resultados.


E eu sei que isso acontece porque eu também já cometi esses erros e preciso diariamente me policiar para não repetí-los.


Resolvi então, compartilhar esses erros aqui contigo para que não os cometa.


Erro 1: Achar que você não é boa o suficiente


Esta é a famosa síndrome do impostor, você pensa que não é boa para empreender, não é boa para ensinar, mas eu estou aqui para te dizer: Você é boa sim, pensa comigo se você pensar que pode, você está completamente certa, mas se você pensar que não pode, também vai estar certa.

Entenda de uma vez por todas que, o que você sabe pode sim ajudar outras pessoas e você precisa disseminar o seu conhecimento.



Erro 2: Esperar estar tudo perfeito e alinhado para começar


Não há momento perfeito para começar. O melhor dia para começar foi ontem, mas o segundo melhor é hoje. Não espere mais tempo, arregasse as mangas e vá para ação.


Lembre-se não precisamos estar 100% prontas, o que você sentir que falta de conhecimento e informação você vai ajustar no processo.


“É fazendo que se aprende a fazer aquilo que se deve aprender a fazer” (Aristóteles)

Complexo né? Não, aprendemos a caminhar/falar como? Fazendo praticando, caindo e levantando, simples assim.



Erro 3: Comparar o seu bastidor com o palco das outras pessoas


Este é um aprendizado constante, pois olhamos quem já está no mercado digital, faturando muitos dígitos - 6 em 7 (cem mil ou mais em 7 dias), 7 em 7 (1 milhão em 7 dias) e achamos que para eles as coisas foram diferentes ou mais "fáceis".

Você precisa pensar que não aconteceu do dia para noite, foi uma construção um processo e a maioria das pessoas começou do mesmo jeito, sem muitos seguidores, com medos, sem domínio das câmeras.


Claro que algumas pessoas tiveram este processo acelerado por networking ou outras estratégias, porém em algum momento elas começaram como você está começando agora, descobrindo que tem muito a agregar, que dá para transformar seu conhecimento em lucro.


Você vê o palco mas não vê o por traz, então não se compare.


Cada pessoa tem a sua história, tem seu tempo.


Se for para se comparar, que seja com você mesmo, em como você era ontem e como você está hoje.



Erro 4: Se apegar a primeira ideia e não analisar a demanda de mercado


Entenda que talvez a sua primeira ideia, seu primeiro produto não vai ser o melhor. Por isso é tão importante analisar as necessidades da persona e validar o produto no primeiro lançamento.

Empreender é resolver os problemas das pessoas. E você vai estar eternamente em constante evolução com seus produtos e serviços digitais.



Erro 5: Achar que vai ser fácil ou impossível pra você.


Não pense que é muito fácil, nada é fácil. Tudo demanda trabalho, dedicação, busca por conhecimento. Mas também não é impossível. Tem muita gente se reinventando e construindo negócios digitais de sucesso.

O que você precisa é saber que vai trabalhar duro, mas vai valer a pena. Todo negócio, seja físico ou digital precisa de investimento de tempo e dinheiro, a diferença é que no digital você pode começar com o que você tem hoje, o celular ou um computador e o seu conhecimento.


Erro 6: Achar que o mercado esta saturado


Tem espaço para todos, ninguém é igual a ninguém. O seu jeito único de ser é o vai te diferenciar. O seu modo de fazer as coisas, os seus valores que conectam ou desconectam de pessoas.

Você pode achar que no seu nicho já tem muitas pessoas falando sobre o assunto, mas é porque você está dentro dessa bolha. O sol nasceu para todos e você precisa ocupar o seu espaço e bilhar!


Espero que eu tenha te ajudado com essas dicas e quero te ver criando seus infoprodutos e serviços digitais.


Se quiser assistir o vídeo onde fala sobre isso clica abaixo:





Deixe nos comentários se já cometeu algum desses erros?


Com carinho, Cíntia.




8 visualizações0 comentário